7 passos para implementar uma Cultura de Inovação no seu Escritório de Advocacia

7 passos para implementar uma Cultura de Inovação no seu Escritório de Advocacia

O mundo vem mudando rapidamente e, na Quarta Revolução Industrial, entramos na era da velocidade exponencial.

Estávamos acostumados a uma velocidade linear de transformação. No entanto, de uns tempos para cá, começamos a observar uma grande aceleração na velocidade das mudanças.

Isso se deve, em grande parte, à disponibilidade dos GPUs (graphic processing units) que fazem com que o processamento paralelo seja mais rápido, mais barato e mais poderoso.

Esse fator foi crucial para que a tecnologia pudesse avançar com muito mais rapidez.

Para se ter ideia, o campo da inteligência artificial tem sido estudado desde 1960, porém sua popularidade só foi explodir de fato, especialmente a partir de 2015.

A redução dos custos de processamento e armazenamento de dados, somado ao aumento da velocidade de processamento e à enxurrada de dados que temos hoje disponíveis na Internet, viabilizaram o desenvolvimento dessa tecnologia.

A tendência é que a velocidade de transformação torne-se cada vez mais rápida e que isso impacte em todas as esferas de nossas vidas, especialmente na profissional.

De acordo com Peter Diamandis, co-fundador da Singularity University, todas as formas que nós temos de ganhar a vida irá mudar, não em 30, não em 20 anos, mas ainda nessa década.

Dentro dessa realidade, o Direito igualmente tem vivenciado seu momento de mais intensa transformação. Nessa mesma linha, Mike Walsh, CEO da Lexis Nexis, disse que veremos mais inovações na indústria legal nos próximos 5 anos do que vimos nos últimos 20!

Para entender um pouco mais sobre o cenário de mudanças que o setor jurídico vem enfrentando, leia esse artigo: O Futuro da Advocacia e faça o download do ebook A Quarta Revolução Industrial e o impacto no Setor Jurídico.

Em um cenário de mudanças intensas e rápidas, é preciso preparar nossa organização para inovar e manter-se competitiva.

Por isso, implementar uma cultura de inovação dentro do escritório de advocacia é uma necessidade real nos dias atuais.

Escritórios de advocacia, em sua maioria, não possuem uma gestão muito bem organizada e falar em cultura organizacional pode ser distante da realidade de muitos. Porém, a dinâmica em que o mundo vive atualmente exige uma profissionalização da prestação do serviço jurídico e é muito importante que você busque implementar algumas mudanças de visão e comportamento para não ficar para trás.

Se você não está bem familiarizado com o que significa cultura organizacional, leia esse artigo: O que é cultura organizacional?

Implementar uma cultura de inovação não é tarefa fácil. Qualquer esforço de transformação provocará resistência. A transformação organizacional deve ser abordada com cuidado usando etapas incrementais que permitem o aprendizado.

Seguem 7 passos que devem ser considerados para implementar uma cultura de inovação no escritório de advocacia:

 

  1. Foco no motivo: Uma organização não pode ser transformada com sucesso sem clareza quanto às razões pelas quais a mudança é necessária. A transformação é um processo doloroso que exige comprometimento dos sócios para fazer com que isso aconteça. Como tal, cabe à liderança identificar com clareza as razões para a transformação. A liderança deve entender sobre como o mundo está mudando, as principais tendências que estão afetando o setor jurídico, os negócios de seus clientes e avaliar como planejam usar a inovação para responder. Esta tese servirá então como o verdadeiro norte do trabalho de transformação da cultura de inovação.
  2. Transmita com clareza a mensagem: Uma vez que os líderes identificaram a necessidade de mudança, é preciso transmitir essa mensagem à equipe. A equipe precisa entender o cenário de transformações que tem pressionado por uma mudança de postura da organização, para que cada pessoa dentro do escritório sinta a necessidade de inovar.
  3. Comece com a descoberta: Existem muitos frameworks de inovação no mundo (por exemplo: Execução Lean, Design Thinking, Lean Startup e Customer Development). No entanto, nem sempre o que funcionou na empresa vizinha, funciona na nossa. Por isso, é preciso começar com a descoberta. Quais são os desafios únicos dentro do nosso escritório? Onde estão os obstáculos e a resistência à inovação? Esse trabalho de descoberta também revelará os principais aliados e defensores que precisaremos à medida que nosso trabalho de transformação começar.
  4. Os líderes devem querer mudar: sem a participação dos sócios gestores, qualquer esforço de transformação da cultura de inovação estará morto em seu início. Os sócios precisam acreditar e investir nesse processo de mudança para que ele seja bem sucedido.
  5. Encoraje o pensamento não convencional. Estimule sua equipe a pensar fora da caixa. Faça um brainstorming sem descartar nenhuma ideia. Todas as sugestões são bem vindas e não existem ideias ruins. Muitas vezes uma ideia que parece absurda em um primeiro momento, pode revelar-se como o ponto de partida para a construção da solução ideal.
  6. Estude novas áreas. Melhores ideias surgem quando o conhecimento torna-se mais amplo. Ao conhecer soluções de áreas diferentes, ao aprender novas habilidades, é possível realizar mais e melhores conexões para encontrar soluções a problemas cada vez mais complexos.
  7. Estruture processos bem definidos para implementar a transição. Isso certamente facilitará o percurso por esse difícil caminho.

 

Para fechar, assista a esse vídeo de uma das empresas mais inovadoras do mundo que está sempre criando novos caminhos e antecipando desejos de consumo nas pessoas:

Conclusão

Enfrentar processos de mudança não é fácil. No entanto, muitas vezes é uma questão de sobrevivência. Aqueles que se prendem a rotinas e práticas que “sempre funcionaram”, resistindo à necessidade de mudança para atender a novas demandas de mercado, acabam ficando para trás.

Portanto, entender para onde o mercado em que se está inserido está caminhando e implementar esforços para estar acompanhando e, se possível, antecipando mudanças, é a única forma de manter-se competitivo.

 

Publicado originalmente no site Migalhas.

Nayara Menezes
Nayara Menezes
Advogada e fundadora da Concept Law. Cursando MBA em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Gestão de Negócios pela Harvard Business School. Certificada em Inbound Sales e Inbound Marketing pela Hubspot Academy e em Marketing de Conteúdo pela Nova Escola de Marketing.
Login

Porque acreditamos que a educação é o caminho para a transformação, oferecemos, para aqueles que buscam aumento de performance na prestação de serviços jurídicos, cursos online com metodologia inovadora para um público que não tem tempo a perder e que preza por informação confiável. Objetividade, praticidade, simplicidade e comprovação são a base de nossa metodologia de ensino. Para quem precisa de mais, em menos tempo.

2019 Concept Law

Open chat